BsAs • Azcuénaga: a rua dos tecidos.

Posted by Cecilia Calasans on Thursday, August 19, 2010 Under: Tecidos

BsAs • Azcuénaga: a rua dos tecidos.

Amo Buenos Aires, de graça mesmo. E não é porque eu já conheça tudo na cidade, mas dessa vez o que eu queria mesmo era fuçar o seu lado não turístico e com isso resolvi escrever uma série de posts sobre o que me encantou por lá, mesmo sem ser dicas óbvias de turismo.

Uma das minhas missões nessa última ida foi descobrir lojas de tecidos e artigos de armarinho fabricados na argentina, que fossem diferentes dos nossos, claro.

Antes de ir fiz umas pesquisas na internet e o máximo que consegui descobrir foi o nome da rua de comércio de tecidos: a Azcuénaga.

Como eu não sabia em que altura da Azcuénaga eu ia achar os tecidos, resolvi descer a rua desde o seu começo e por isso desci na estacão Alberti da linha A do subte, na Av. Rivadávia e só aí descobri que até a rua Corrientes (4 quadras até lá), o comércio é muito semelhante ao da 25 de Março, em São Paulo, com artigos de todos os tipos e muita coisa made in China.


Caminhãozinho de entrega totalmente vintage.

As lojas de tecidos, em sua maioria pra cortina e tapeçaria, estão na Azcuénaga entre a Corrientes e a Lavalle. As lojas são coladas uma na outra, eventualmente aparece uma loja de tecido pra vestido de festa ou cama, mesa e banho, mas na maioria é pra cortina e tapeçaria mesmo.


Os tecidos estão daí pra frente.

Já entre a Lavalle e Tucumán estão as lojas de malha, que como não era exatamente o que eu queria, nem fucei.

Em todas as lojas que entrei fui atendida por vendedores homens e todos foram simpáticos (coisa rara na rota turística) e curiosos, querendo saber o que uma turista brazuca fazia numa rua de comércio popular e foi assim que descobri que em espanhol as clutches são “carteritas”. A única excessão foi na Loja Next, onde fui atendida por uma vendedora (mulher) pouco interessada. Pena, porque foi a loja mais arrumadinha e onde encontrei os tecidos mais lindos, mas esse não foi o único problema lá. A Next é uma espécie de Show Room, eu teria que escolher os tecidos, fazer a compra e retirar na semana seguinte. Gente, isso deu uma preguiça danada! (sou baiana, dá um desconto, vai!). Fiquei com medo de não conseguir voltar lá na semana seguinte e como ela não tava muito a fim de me vender, acabei desistindo. Nem preciso dizer que me arrependi tremendamente, porque não achei os tecidos de lá em nenhuma outra loja, mas fazer o que? c’es la vie! Agora tenho um novo motivo pra voltar a BsAs! rs



Segue uma listinha das lojas que me foram mais simpáticas:

• Mia Casa (Azcuénaga 417). Meio bagunçadinha, mas ok.
• Decor Once (Azcuénaga 419). Bagunçadinha tb.

• Decorando (Azcuénaga 431)
• Cortinados.com (Azcuénaga 453). Precinho bom!
• Brocato Design (Azcuénaga 497). Lojinha bem arrumadinha.
• Distribuición de tejidos para uniformes (Lavalle 2394, esquina com a Azcuénaga). Loja curiosa essa, fiquei sem entender se era um depósito, se vendia no varejo, mas um tecido me atraiu tanto na vitrine que eu entrei e eles me venderam!


Loja esquisita para os nossos padrões, mas eu não podia resistir a essa estampa.

Dica:
• A maioria das lojas não aceitam cartão de crédito e boa parte delas também não vende menos de 1m, mas aceitam vender 1/2m de estampas diferentes, contanto que leve mais do que 1m no total.

E os armarinhos?
Na verdade, não achei nada parecido pela Rua Azcuénaga, o que foi uma decepção porque achei que eu tinha descoberto o Bom Retiro portenho, mas não foi bem isso. A verdade é que ainda não foi dessa vez que descobri os armarinhos, mas pra não dizer que não achei nada parecido, quando voltei pra Rua Rivadávia para pegar o subte de volta, encontrei uma vitrine meio bagunçadinha, mas com ares de costura. Lá dentro tinha um pouquinho de tudo e muitas máquinas de costura. O único vendedor tava meio sem paciência com uma senhora que reclamava de alguma coisa que não consegui entender e aí quando ele veio me atender já foi com menos paciência ainda, resultado, peguei as fitas que me atrairam para a vitrine e dei meia volta.


Não sei como tinha tudo isso que tá na sacola em uns 15m2.




In : Tecidos 


Tags: bsas  "buenos aires"  "lojas de tecidos"  armarinho  dicas 
blog comments powered by Disqus

Translate This Page

Make a Free Website with Yola.